Tendinite de Ombro

A tendinite no ombro é uma inflamação que ocorre nos tendões desta articulação, causando intensa dor. Seu tratamento inclui o uso de medicamentos, fisioterapia e, em alguns casos, cirurgia. A tendinite no ombro tem cura, mas a completa remissão dos sintomas pode demorar meses para ser alcançada.

A forma mais comum de tendinite no ombro, envolve o tendão do músculo supra espinhoso. Geralmente, esse tendão é lesionado por excesso de uso dos braços no esporte ou trabalho com movimentos que exija levantar o braço acima da altura do Ombro de forma repetida.

Na tendinite do bíceps a região dolorida é somente a parte da frente do ombro e há dor ao fazer movimentos acima da linha da cabeça e também quando a pessoa levanta o braço esticado para frente.

Já quando há tendinite do manguito rotador, que é composto pelos tendões dos músculos Subescapular, Supra Espinhoso, Infra Espinhoso e Redondo Menor, a dor é na região anterior e lateral do ombro, que piora quando a pessoa tenta fazer movimentos acima da linha da cabeça e pode ser difícil levantar o braço, para passar desodorante, por exemplo.

Fisioterapia para tendinite no ombro

O tratamento realizado pelo fisioterapeuta deverá iniciar com recursos anti-inflamatórios e analgésicos evoluindo para ganho de amplitude de movimento e força. 

Inicialmente a fisioterapia deve ser realizada diariamente levando em consideração o nível de dor e a capacidade de recuperação de cada pessoa. No entanto, pode ser útil usar aparelhos que facilitam a recuperação do tendão como Laser e Ultrassom, mas é muito importante usar técnicas de fisioterapia para aumentar a amplitude dos movimentos, sem dor, além de exercícios para fortalecer os músculos enfraquecidos.

Este artigo foi relevante para você?

Nossos fisioterapeutas estão prontos para tirar as suas dúvidas, use o Whatsapp para perguntar o que quiser sobre o seu diagnóstico.

Clique acima para abrir o Whatsapp agora!

Compartilhe com seus amigos:

Comentários